PORQUE DEUS PRECISA SER ADORADO? 

Porque Deus precisa ser adorado?” é  uma das frequentes perguntas a respeito de Deus.  Pergunta feita principalmente  pelos americanos na internet e que também é uma questão importante para os brasileiros. 

Para responder tal questão devemos olhar para dois pontos importantes: A Bíblia e a história.  



PONTO DE VISTA BÍBLICO 

Do ponto de vista bíblico, se olharmos para a criação, iremos perceber que Deus não impôs a adoração como uma prática obrigatória ao homem. Adão e Eva foram postos no mundo e receberam ordens para cuidar do jardim, se multiplicarem, nomearem os animais e dominarem sobre as coisas (Gênesis 1.28).  

Em momento algum na história bíblica a adoração é posta como algo obrigatório ao homem. Na verdade, no princípio, nada que os homens fizeram para Deus foi feito por qualquer tipo de imposição.  

O que havia no jardim era um relacionamento dos homens com Deus e esse relacionamento era espontâneo. Deus visitava o homem e se relacionava com ele livremente (Gênesis 3.8).  

Além disso, depois da expulsão de Adão e Eva do jardim e a grande confusão entre Caim e Abel, a Bíblia nos relata em Gênesis 4.26 que somente com o nascimento de Enos “o nome do Senhor começou a ser invocado”. Isso dá a ideia de que houve alguns bons anos em que a ausência da adoração predominou. 

O mais relevante nesses primeiros capítulos da Bíblia é que Deus amou o homem e buscou ter com ele um relacionamento íntimo e verdadeiro. A adoração devotada a Deus veio desse relacionamento e foi transformada pela religião em algo obrigatório. Essa é a perspectiva histórica desta situação! 

PORQUE OS CRISTÃOS ADORAM A DEUS? 

A Bíblia nos orienta a ter um relacionamento com Deus. Do mesmo modo, ela foi escrita por pessoas que viveram um relacionamento profundo com Deus. Foram pessoas que andaram com Deus e tiveram o prazer de experimentar a profunda graça que esse relacionamento pode proporcionar. Por esse motivo, por estarem intimamente ligados em Deus, as pessoas que escreveram a bíblia nos convidam a adorá-lo.  

Talvez o melhor exemplo disso na Bíblia é o relato sobre a cura de um homem cego de nascença( Leia: João 9). Jesus havia curado o homem de sua cegueira, mas por ter mandado que ele se lavasse em um poço mais afastado de onde estavam, não o conheceu. O homem, agora vendo, ao se encontrar novamente com Jesus recebeu dele a seguinte pergunta: Crês tu no Filho de Deus? A Bíblia nos diz que a resposta do homem foi “Creio, Senhor. E o adorou”(v. 38). Jesus não pediu a adoração, ele queria apenas a fé sincera. 

O chamado para adoração a Deus não é uma obrigação, mas um convite a viver um relacionamento profundo com Ele.

Leia: 

“Honrai a todos. Amai a fraternidade. Temei a Deus. Honrai ao rei”. 1 Pedro 2:17 

“Dai ao Senhor a glória devida ao seu nome, adorai o Senhor na beleza da santidade.” Salmos 29:2 

“Ó, vinde, adoremos e prostremo-nos; ajoelhemos diante do Senhor que nos criou.” Salmos 95:6